O QUE É O

ESPAÇO LIMPO? 

O Espaço Limpo (Clean Space) é um processo de facilitação criado por David Grove para permitir que as pessoas aprendam sobre seus mundos internos, criando redes de espaços físicos nos quais se movimentam e exploram. O processo funciona partindo do pressuposto de que parte da nossa experiência é armazenada não só na linguagem, mas também na posição do corpo, na localização e no espaço.

Em uma sessão de Espaço Limpo, o facilitador convida o cliente a encontrar diferentes espaços físicos (geralmente em uma sala, embora possa estar em qualquer lugar) para representar diferentes aspectos de seu pensamento e cognição como ideias, questões, problemas ou projetos. O cliente se move de um espaço para o outro, fazendo uma pausa em cada um para considerar o que sabem desse ponto. Dessa forma, ele constrói uma rede de conexões entre os muitos pensamentos, sentimentos e ideias em sua mente e corpo. O cliente literalmente transporta a ideia em sua mente para o espaço físico, de onde pode compreender sua questão de ângulos diferentes e de forma psicoativa. O processo e as conexões geradas proveem insights e soluções espontâneas surgidas do que David denominou de Conhecimento Emergente.

Explorar essa rede espacial é como viajar pelos caminhos da mente. O efeito pode ser difícil de descrever, mas normalmente, as pessoas ficam surpresas com o novo entendimento que surge aparentemente do nada. A mudança acontece naturalmente como resultado do sistema do cliente se tornar mais consciente de sua própria organização.

O Clean Space é um processo muito flexível que pode ser adaptado de centenas de maneiras para resolver problemas, estimular a criatividade e como um processo de desenvolvimento generativo.

David Grove projetou o processo Espaço Limpo para ajudar o cliente a “colocar sua história no chão” e a se mover livremente sem ela, abrindo novas perspectivas e facilitando a mudança e a autocriatividade.